Site calcula a fortuna particular dos membros do Iron Maiden


Com turnês mundiais grandiosas e de muito sucesso, o Iron Maiden lançou 16 álbuns e estimativas calculam que a banda já vendeu mais de 100 milhões de cópias em mais de quatro décadas nos palcos.

Enquanto o grupo tinha um valor comercial estimado de US$ 125 milhões, em 2018, segundo dados do The Wealth Record, a fortuna particular de cada membro varia, de acordo com as informações do site Celebrity Net Worth.

Entre os guitarristas, Dave Murray acumula patrimônio de US$ 15 milhões, aproximadamente R$ 78 milhões no câmbio atual. Adrian Smith tem uma conta bancária avaliada em US$ 40 milhões, cerca de R$ 200 milhões. Janick Gers é o único integrante do Maiden com patrimônio desconhecido.

A fortuna de Steve Harris, fundador e baixista da banda, é avaliada em US$ 30 milhões, valor superior a R$ 155 milhões. Nicko McBrain, baterista do grupo que também investiu em um restaurante nos Estados Unidos e uma loja de instrumentos musicais no Reino Unido, empata com Harris.

Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden, empresário, palestrante, historiador, mestre cervejeiro, piloto, escritor e diversas outras coisas, acumula o maior patrimônio entre os integrantes da banda. Com diversos projetos paralelos, além de carreira solo, Dickinson tem cerca de US$ 115 milhões, valor que supera R$ 600 milhões de reais.

LEIA TAMBÉM: 
BRUCE DICKINSON DIZ QUE VAI TRABALHAR DE "BARMAN" PARA PAGAR DIVÓRCIO MILIONÁRIO
Tecnologia do Blogger.