Bruce Dickinson: como o planejamento do Maiden ajudou nos negócios



Bruce Dickinson concedeu entrevista ao Aviation Week durante o MRO Europe, onde falou sobre como suas experiências com o Iron Maiden o ajudaram nos negócios, mais especificamente na Manutenção, Reparo e Operações (MRO) da indústria da aviação.

"O mundo do rock é bem interessante, trabalhamos noite e dia durante as turnês para ter a banda no palco, para fazer tudo funcionar. Começa às sete da manhã. Termina às... bem, o show acaba às onze, e lá pela uma da manhã, aqueles oito ou dez caminhões já estão carregados e rodando. E às sete da próxima manhã, isso acontece outra vez no próximo local. Esta sequência de planejar e ter tudo funcionando é exatamente como o MRO deve ser. Descobri quando trabalhei como piloto comercial, que MROs eram caros e demoravam. Então, o que você aprende no rock, é a não ser como esses MROs quando tiver sua companhia, e ser mais flexível. O mais importante no MRO é você poder falar com seus clientes ao fim do dia. As pessoas voam nesses aviões. Se as pessoas não estiverem voando nesses aviões, seu cliente vai perder dinheiro, e os clientes também são pessoas. O trabalho deles depende daqueles aviões estarem fora do hangar e trabalhando."



Fonte: Blabblermouth
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »