Universal Music compra EMI por US$ 1,9 bilhão

A gravadora Universal Music Group, da francesa Vivendi, confirmou a compra da EMI por 1,2 bilhões de libras, cerca de 1,9 bilhão de dólares. Segundo informações do site GigWise, trata-se de uma das maiores transações econômicas do mundo da música. Antes da confirmação da compra milionária, boatos noticiavam que a Warner Music seria a compradora da EMI.

Stephen Volk, presidente da EMI, falou sobre a transação: "Acreditamos que esta transação irá maximizar o valor da EMI, dando a empresa um parceiro na Universal Music, que aprecia o rico legado cultural da EMI". O Citigroup estaria tentando vender a EMI há meses, mas apenas obteve sucesso na última sexta-feira, com o interesse da Universal Music. Fontes disseram que uma parte da EMI seria separada e comprada pela Sony, mas nada foi oficialmente confirmado.

O que a compra milionária muda para os fãs da música? A partir de agora os CDs e DVDs da EMI terão o selo da Universal Music. Ou seja, ao comprar produtos de bandas como Iron Maiden, The Beatles, Rolling Stones, Queen, Coldplay, Pink Floyd, Amy Winehouse, Eric Clapton, Radiohead, Legião Urbana entre outras, a partir de agora terão o selo Universal Music.

Fonte: GigWise
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »