Steve Harris: "Fazemos álbuns em três semanas"

John Benson do site Vindy.com entrevistou Steve Harris durante a passagem da "The Final Frontier World Tour" pelo Canadá, confira o que o líder do Iron Maiden falou sobre os shows, fãs, novo disco entre outros assuntos...

"Eu não sei, nós realmente não pensamos em outras bandas", disse o baixista do Iron Maiden Steve Harris, falando de Saskatoon, no Canadá. "Nós só fazemos o que fazemos. Fui ver o Jethro Tull tocar algumas semanas atrás, e foi fantástico. Eles são uma das minhas bandas favoritas de todos os tempos, mas nós realmente não pensamos sobre o que é a nossa banda, especialmente quando estamos escrevendo, gravando ou em turnê. Nós somos meio limitados, mas muito concentrados no que fazemos."

"Ainda assim, é surpreendente. Nós parecemos estar ganhando novos fãs o tempo todo. Eu realmente não posso colocar o dedo sobre o porquê que é assim. Obviamente, as pessoas passam os álbuns para os seus irmãos e filhos, e em muitos casos, toda a família comparece aos shows. É inacreditável. É uma coisa permanente, e não vou questionar isso. Bruce no palco, diz que existem fãs de música, os fãs de metal e então há fãs de Iron Maiden. E é verdade. Eu realmente não sei o que fazemos que inspira esse tipo de adoração, mas eu acho que é bastante singular. "

Harris falou sobre "The Final Frontier" o novo álbum do Iron Maiden, e salientou que é um dos esforços mais originais da banda... "Tentamos algumas coisas novas na gravação, e eu acho que as músicas são bem diferentes. Temos alguns estilos diferentes de composição em andamento, mas nunca planejei isso. Basicamente, basta escrever um álbum em três semanas, é isso que fazemos. Nós não pressionamos a nós mesmos. Isso é o que sempre fizemos. Tivemos que fazer isso quando compomos as músicas de "The Number Of The Beast" em 1982. Nossos dois primeiros álbuns foram principalmente de canções escritas ao longo de quatro anos. E quando fomos para o terceiro álbum, não tínhamos nenhuma música pronta. Então tivemos que escrever canções em duas ou três semanas. Isso funcionou muito bem, é isso que temos feito desde então."

Quando a conversa é o 'Rock and Roll Hall of Fame and Museum', que nos últimos anos tem abraçado por indução o Heavy Metal com Black Sabbath e Metallica, Harris recusa a se envolver na discussão sobre o Iron Maiden também se fazer presente na "sala sagrada" às margens do Lago Erie. "Não temos o que dizer, eu nunca penso sobre essas coisas. Nós apenas fazemos o que fazemos, e se as pessoas querem nos colocar em algo como isto, então é ótimo. Nós ficaríamos contentes, mas eu não ficaria muito chateado se não acontecer. Desta forma, não esperamos nada de ninguém. Acabamos de sair em turnê e nunca esperamos necessariamente vender tudo em toda parte. Para mim, você é tão bom quanto o seu próximo álbum, e nós vamos partir daí. "
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »