Iron Maiden se pronuncia sobre coronavírus e adia shows na Austrália e Nova Zelândia


O Iron Maiden e a empresa TEG Dainty lamentam anunciar que os shows na Austrália e Nova Zelândia que aconteceriam em maio foram adiadas. Isso se deve à situação atual do coronavírus e às recentes instruções dos governos dos dois países.

A TEG Dainty aconselha aos fãs que compraram ingressos a manterem os mesmos e aguardarem mais informações. Caso não consiga comparecer às novas datas quando elas forem anunciadas, os reembolsos estarão disponíveis para todos.

O empresário do Iron Maiden, Rod Smallwood comentou o anúncio:
Soldados australianos e kiwi, estamos muito desapontados por não ver nossos fãs na Austrália e Nova Zelândia em maio devido às proibições compreensíveis de concertos pelos governos por causa do Coronavirus. Infelizmente, estes são tempos difíceis e incertos para todos nós.

Ainda pretendemos levar para vocês todos esses grandes shows da "Legacy Of The Beast Tour" o mais rápido possível e prometo que faremos tudo o que pudermos para conseguir isso com nossos promotores e sujeito ao que está acontecendo ao nosso redor globalmente.

E para nossos maravilhosos fãs em todos os lugares…

Também agradecemos que fãs com ingressos para shows em outros países em nossa extensa turnê de 2020 estejam ansiosos por notícias e atualizações. Você pode ter certeza de que os manteremos imediatamente atualizados aqui sobre outras alterações, por país, que possam se tornar necessárias assim que soubermos delas nos canais oficiais dos governos. Agradecemos sua paciência e por nos acompanhar. Esperamos ver todos vocês!

Cuide-se, esteja seguro e seja inteligente.

Rod Smallwood / Iron Maiden

Tecnologia do Blogger.