Bruce Dickinson interrompe show do Iron Maiden ao ver fã apanhar dos seguranças


Durante o show do Iron Maiden em Tacoma, Estados Unidos, no último dia 5 de setembro, Bruce Dickinson, visivelmente irritado, se dirigiu ao público para informar que um fã ensanguentado estava sendo atendido no backstage: "Temos um fã do Iron Maiden nos bastidores que apanhou muito de 10 seguranças. Vi um dos seguranças se inclinar sobre a grade e dar um soco no rosto do garoto, que tem a metade do tamanho dele, por quatro vezes", disse.

O relato foi seguido de vaias do público para a atitude dos seguranças e o vocalista do Iron Maiden continuou: "Eram 10 pessoas! Isso não é a por** de um MMA. Se fosse, teria um árbitro. Tocamos para centenas de milhares de pessoas nessa turnê e é a primeira vez que isso acontece. Não sei se isso acontece nesse local com frequência, não sei se foi um ato de loucura e espero que esse garoto tenha tratamento médico, porque ele está sangrando, com ferimentos na cabeça. Espero que esse garoto arranque dinheiro desse local. Se alguém tiver alguma filmagem disso, teremos o maior prazer em ajudar a encontrar os agressores e os malditos criminosos que foram responsáveis por isso. Isso não é necessário, não é um ato de grandeza, não é algo inteligente. Chama-se apenas de 'bullying'. É simples. Então, essa música a seguir é bem apropriada. Chama-se 'The Evil That Men Do'".

CONFIRA IMAGENS DO INCIDENTE NOS VÍDEOS ABAIXO:



Tecnologia do Blogger.