Tears Of A Clown: Bruce não sabia que era sobre Robin Williams



Bruce Dickinson foi entrevistado recentemente pela Corus Radio e falou sobre a canção "Tears Of A Clown" do novo álbum do Iron Maiden, "The Book of Souls". O vocalista revelou que não sabia que a canção era um tributo ao falecido ator Robin Williams.

"Steve compôs a música, ou melhor, escreveu a letra, então, quando estávamos gravando, ele não tinha dito nada e eu não fazia ideia quando cantava que era sobre Robin Williams. Terminei minha parte e disse para ele que a letra era muito legal, ao mesmo tempo que perguntava de onde tinha vindo a ideia, e ele disse: 'Robin Williams'. Fiquei surpreso, pois era algo bastante específico", explicou Dickinson.

Bruce continua: "Não é comum Steve escrever algo tão objetivo. Veja o caso de 'Rime Of The Ancient Mariner' — okay, é um poema épico de Samuel Taylor Coleridge. Mas daí a ser específico e direto sobre um evento trágico e escrever sobre Robin, realmente me deixou surpreso. Não sei se é apropriado dizer que fiquei agradavelmente surpreso, mas achei realmente legal que ele compôs algo nestas circunstâncias, pois, de certa forma, me parece que ele sentiu alguma afinidade com o isolamento e condições pelo qual passou Robin Williams. Há algumas especulações minhas sobre o que ele ele sentiu, mas a impressão é que algumas coisas são próprias de Steve. Então eu fiquei tipo, hummm, okay".


Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »