Aos 56 anos, morre o baterista Clive Burr



"Estamos profundamente tristes em informar que Clive Burr faleceu ontem à noite. Ele sofreu graves problemas de saúde por muitos anos depois de ter sido diagnosticado com esclerose múltipla e morreu tranquilamente durante o sono em sua casa."

Steve Harris comentou o falecimento do ex-baterista do Iron Maiden: "Esta é uma notícia muito triste. Clive era um velho amigo de todos nós. Ele era uma pessoa maravilhosa e um baterista incrível que deu uma valiosa contribuição para a Donzela no início, quando estávamos começando. Este é um dia triste para todos na banda e aqueles em torno dele e os nossos pensamentos e condolências estão com sua parceira Mimi e família neste momento. "

Bruce Dickinson também se pronunciou: "Eu conheci Clive quando ele estava saindo do Samson para se juntar ao Iron Maiden. Ele era um grande homem que realmente viveu a vida ao máximo. Mesmo durante os dias mais sombrios da sua doença, Clive nunca perdeu seu senso de humor ou irreverência. Este é um dia muito triste e todos os nossos pensamentos estão com Mimi e família "



Clive Burr se juntou ao Iron Maiden em 1979, gravou os três primeiros álbuns da banda: Iron Maiden (1980), Killers (1981) e The Number Of The Beast (1982). Antes disso, ele também fez parte do Samson, que tinha Bruce Dickinson como vocalista antes do mesmo também se juntar ao Iron Maiden.



Fonte: Iron Maiden

Leia uma matéria especial da Revista Classic Rock sobre vida de Clive Burr
Classic Rock: A tragédia pessoal de Clive Burr
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »