Rio de Janeiro: Vídeo mostra queda da grade!

Por Haggen Kennedy / Whiplash!

Na primeira música, nos primeiros versos de Bruce Dickinson, a grade começou a ceder. Os repórteres, cinegrafistas e outros que estavam na frente da grade correram para os lados antes que a mesma desabasse. Um cinegrafista oficial do Iron Maiden subiu com o equipamento no palco e correu para o fundo. A grade inteira cedeu de vez, e o público colou no palco.

Bruce parou de cantar e a banda continuou tocando sem os vocais. Enquanto o instrumental seguia Bruce fazia gestos e pedia que o público recuasse.

Enquanto os seguranças tentavam consertar a grade e pediam que o público recuasse (no que não eram atentidos), Bruce com um gesto de "cortar a garganta" com a mão indicava que o show não poderia continuar. Pessoas do público tentavam subir no palco.

Bruce informou que a grade havia quebrado e voltariam em 10 minutos assim que a grade fosse consertada. Produção e seguranças tentavam sem sucesso recuar o público para que a grade fosse colocada de volta no lugar. Mas o público não recuou; os que estavam na frente queriam ficar na frente. Após cerca de 20 minutos o empresário Rod Smallwood veio ao palco, de início sozinho, e depois com uma tradutora, pediu paciência, e novamente, que o público recuasse para que o show pudesse continuar. Após algum tempo Bruce retorna com uma tradutora e informa que não havia como continuar o show sem a barreira.





A impressão de alguns dos presentes era de que a pista vip do HSBC arena ocupava mais de metade da área disponível.

Enquanto a maior parte do público saia do local calmamente, alguns quebraram roletas e instalações, inclusive parte do teto de gesso do HSBC Arena. Também houve tumultos nas imediações da Arena.

Fonte: Whiplash!
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »