Steve Harris revela como fazia os riffs das músicas nos primórdios


O baixista Steve Harris é, também, o líder e principal compositor do Iron Maiden. Diversas músicas do catálogo da banda são creditadas a ele, seja em autoria "solo" ou com algum colega ajudando na criação.

No início do Maiden, a liderança criativa de Steve Harris era ainda mais clara. Nos dois primeiros álbuns, "Iron Maiden" (1980) e "Killers" (1981), todas as músicas foram feitas por ele - com exceção de 4 faixas do primeiro e uma do segundo.

Em entrevista ao podcast Rockin' Metal Revival, transcrita pelo Ultimate Guitar, Harris foi perguntado a respeito do riff de "Phantom of the Opera", música do primeiro álbum do Maiden. Em sua resposta, acabou dando alguns detalhes de seu processo de composição.

"As vezes, eu faço riffs só na guitarra ou no baixo. As vezes, eles funcionam bem com o vocal. Eu criava muitas melodias e se não houvesse outra saída, eu apenas trabalhava naquilo que precisava ser feito", afirmou.

Em seguida, Steve Harris citou outra música dos primórdios do Iron Maiden, que acabou se tornando instrumental. "A mesma coisa pode ser dita sobre 'Transylvania', por exemplo. Eu tinha uma melodia para ela, assim como a linha vocal, mas nem precisava (de vocal)", disse.

Por fim, Harris pontuou que o destino de "Phantom of the Opera" "parecia natural". "Eu apenas segui o meu instinto e aquilo parecia certo, incluindo a melodia vocal", afirmou.

Ouça a entrevista, na íntegra (em inglês, sem legendas), no player a seguir:


Fonte: Whiplash.Net
Tecnologia do Blogger.