Adrian Smith: "É difícil imaginar o Iron Maiden em dez anos"


Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o guitarrista Adrian Smith falou sobre o tempo que o Iron Maiden ainda tem de estrada. Após uma risada diante da pergunta a respeito do tema, Smith foi emblemático em sua resposta.

"É difícil imaginar o grupo em dez anos. Mas é como um bom carro. Enquanto rodar bem, vamos em frente", afirmou o músico.

Se depender do relacionamento pessoal entre os integrantes, o Iron Maiden ainda deve ter muito tempo de vida. "A gente se dá muito bem, andamos juntos por aí. Claro que não somos mais adolescentes, temos famílias que exigem mais tempo de cada um, mas o Iron Maiden ainda se diverte. A banda não se transformou numa empresa", disse o guitarrista.

Adrian Smith destacou, ainda, que os próximos passos do Iron Maiden ainda não foram definidos. A banda tem datas marcadas para a turnê "Legacy of the Beast" até a próxima terça-feira (15), quando realiza a segunda apresentação em sequência no Chile. Na sequência, nada marcado de forma oficial.

Em resposta às especulações sobre um novo álbum de estúdio, Adrian Smith disse que, geralmente, o Iron Maiden separa algumas semanas para compor novo material. Porém, isso ainda não aconteceu para o sucessor de "The Book of Souls". Ou seja: o próximo disco ainda não está no horizonte do grupo.

Leia a entrevista completa na Folha de S. Paulo
Tecnologia do Blogger.