Adrian Smith: "Não concordo com o uso de backing tracks"

Em entrevista ao New York Post, o guitarrista Adrian Smith afirmou que não vê com bons olhos o uso de bases pré-gravadas durante shows ao vivo. O músico disse que o recurso de backing tracks "não é algo bom".

"Vejo isso com muitas bandas jovens e não acho que seja algo bom. A música está ficando muito técnica. Você tem sistemas de gravação computadorizados, que usamos, só que mais pela conveniência do que por necessidade. Excursionamos com algumas bandas que usam isso e não é real. Supostamente, você deveria tocar ao vivo, deveria ser ao vivo. Não concordo com isso", disse.


Tecnologia do Blogger.