Iron Maiden abre processo milionário contra jogo "Ion Maiden"


Iron Maiden e Ion Maiden são nomes praticamente idênticos (a única diferença é mesmo uma letra). Com base nesta semelhança de nomes, aliada a outros factores, a banda abriu um processo contra o jogo Ion Maiden da 3D Realms, um jogo de tiros em primeira pessoa.

A Iron Maiden Holdings Ltd quer $2 milhões no processo que acusa a 3D Realms de infringir uma marca registada. Para além da semelhança entre o nome da banda e o nome do jogo, argumentam que o logotipo de Ion Maiden tem um estilo parecido com o da banda.

Indo mais longe, a banda remata também que até o nome da protagonista de Ion Maiden, Shelly Harrison, é inspirado no nome de Steve Harris, o baixista fundador do Iron Maiden.

No documento do processo a banda cita ainda que Ion Maiden tem "o mesmo visual" que o jogo Legacy of the Beast do Iron Maiden, embora uma rápida comparação entre imagens de ambos os jogos mostre que são bem diferentes.

Em cima dos $2 milhões, a banda pede ainda que a 3D Realms pare de usar produtos que possam induzir os consumidores em confusão, pensando que Ion Maiden está relacionado de alguma forma com o Iron Maiden.

A 3D Realms respondeu no Twitter, escrevendo: "Recentemente ouvimos falar de uma ação movida na Califórnia pela banda IRON MAIDEN, alegando que nosso jogo de tiro em primeira pessoa Ion Maiden (@Bombshell_Game) está infringindo sua marca registrada. Pelo que ouvimos, o processo afirma que nosso personagem principal Shelly Harrison, que originalmente estreava na Bombshell de 2016, é baseado em seu músico Steve Harris e que nosso ícone da bomba de caveira encontrado no jogo é baseado no mascote Eddie. Nós da 3D Realms, nossos co-publicadores e o desenvolvedor analisarão nossas opções assim que recebermos a notificação oficial da ação e tomarmos as decisões necessárias no momento apropriado. Independentemente disso, todos continuam trabalhando diligentemente no Ion Maiden para oferecer a melhor experiência possível ainda este ano."

Tecnologia do Blogger.