Bruce Dickinson: como foi o primeiro ensaio com o Iron Maiden?


Em entrevista à RTBF, com transcrição do Blabbermouth, o vocalista Bruce Dickinson relembrou como foi o seu primeiro ensaio com o Iron Maiden. Ele, que havia deixado o Samson para aceitar o convite, se juntou à banda em 1981, na vaga de Paul Di'Anno.

Dickinson contou que a adaptação não foi complicada, mas uma situação deixou o clima um pouco estranho. "Quando entrei, lembro de ir ensaiar no primeiro dia, quando fiz o teste - foi em um estúdio para ensaios. O antigo vocalista ainda estava com eles, havia dois shows para fazer. Pensei: 'a atmosfera será um pouco estranha'. Obviamente, ele não sabia, mas todos sabiam que ele seria demitido. Eu não estava confortável com isso. Minha credencial da união dos vocalistas... (risos)", afirmou.

Apesar disso, o entrosamento musical foi instantâneo. "Steve (Harris, baixista) não apareceu até mais tarde. Eu fui e conheci Clive (Burr, baterista), Dave (Murray, guitarrista) e Adrian (Smith, guitarrista). Começamos a tocar músicas antigas do Deep Purple, que todos conhecíamos. Depois, tocamos outras mais. Decsobrimos que curtíamos as mesmas músicas, a atmosfera foi fantástica", disse.

Quando Steve Harris apareceu, segundo Bruce Dickinson, a banda decidiu pedir para que ele aprendesse quatro músicas de seus álbuns - eram apenas dois na época. "Aprendi todas as músicas e disse: 'quais músicas vocês querem tocar?'. Tocamos praticamente os dois álbuns na íntegra e Steve disse: 'uau, quando podemos começar?'. Não houve problema algum", afirmou.

Fonte: Whiplash.Net
Tecnologia do Blogger.