Bruce Dickinson ficou surpreso quando Blaze entrou para o Iron Maiden



Em entrevista para Jack Antonio, no programa de rádio "Do You Know Jack", o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, comentou sobre o quão surpreso ele ficou com a escolha de Blaze Bayley para substituí-lo.

"Eu realmente gosto muito do Blaze. Gosto dele como ser humano. Ele é um cara adorável. Lembro de ir ao escritório do empresário e havia um cara por lá, que não trabalhava mais com isto, mas conversando com ele me disse o quão grandiosa era a oportunidade e como ele cuidaria daquilo de forma brilhante. Eu disse pra ele 'Olha, ele ganhou a vaga. Claro, ofereceram pra ele, óbvio que ele vai pegar. Mas alguém pensou em como ele vai fazer com o material antigo? E o lance não é só alguém pra cantar, mas como vocês vão lidar com a reação dos fãs?' Pois eu fiquei surpreso que Blaze tenha sido o escolhido. Eu fiquei feliz por ele, mas havia uma grande oferta de outros bons vocalistas disponíveis (Entre os outros candidatos estavam Michael Kiske do Helloween e o brasileiro Andre Matos, do Angra). Pensei 'Wow, eles poderiam ter escolhido alguém com uma voz que pudesse fazer o que eu fazia'. Mas escolheram Blaze. Obviamente eles decidiram optar por alguém diferente, mas esta escolha trazia seus próprios desafios. Eu me perguntava se alguém da parte dos empresários tinha ideia do quão difícil seria aquela tarefa".

Fonte: Blabbermouth

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »