Bruce Dickinson detona nazismo e diz que pessoas precisam estudar História



Bruce Dickinson se manifestou sobre o episódio de um homem que prestou a saudação nazista levantando o braço direito durante um show do Death Preacher em Vancouver, no Canadá, e foi expulso do local, após fazer o gesto.

"Manifestações nazistas não tem lugar na música do qual eu quero fazer parte", disse Bruce à CBC News. "Acho que as pessoas precisam de um pouco mais de lições de história, ao invés de uma lição de ignorância, o que parece estar disseminado com muita frequência". Depois ele prosseguiu: "Pessoas deste país - USA, Canadá, Inglaterra - pais e avôs, lutaram e morreram pra construir um mundo onde não houvesse espaço pra este tipo de coisa".

O organizador do show disse que manifestações nazistas são inaceitáveis no seu trabalho. "Estou próximo de completar 80 shows em meu currículo, e esta é a primeira vez que isto acontece. Não quero meus eventos associados a este tipo de coisa. Todos tem direito a ter uma opinião e há a questão da liberdade de expressão, mas é meu show e eu vou estabelecer o limite de dizer 'Nada de nazistas aqui'. Fim de papo".

Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »