Empresa de Bruce Dickinson atrasa salários e ele paga funcionários do próprio bolso



O pagamento dos cerca de 150 funcionários da Cardiff Aviation, empresa de aviação presidida pelo vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, atrasou e a empresa assumiu a falha em nota oficial se comprometendo a pagar os salários antes da páscoa.

Porém, a promessa não foi cumprida pela empresa e Bruce informou que ele vai pessoalmente quitar a pendência: "Infelizmente, por questões administrativas, a verba que seria destinada para a Cardiff Aviation não estará disponível a tempo de acertar as contas antes do feriado, então eu pagarei do meu bolso 50% dos salários devidos. Eu e a equipe de gerenciamento da empresa lamentamos profundamente a situação, e estamos atentos ao impacto que causa à nossa equipe. Pedimos desculpas pelo transtorno, e reafirmamos que resolveremos as pendências o mais rápido possível. Vamos liquidar tudo em no máximo duas semanas - esperamos que antes disso - e manteremos todos informados. Sabemos que a Cardiff Aviation tem um futuro brilhante pela frente, e além de novamente pedir desculpas, pedimos que tenham um pouco de paciência enquanto resolvemos os problemas da melhor forma que pudermos".

Outra pendência financeira da empresa é o aluguel do hangar que mantém em St. Athan que não é pago desde 2012, e em breve deve ser feita uma reunião com representantes do governo para se chegar a um acordo sobre a dívida.

Bruce confirmou ao WalesOnline no mês passado que investiu 4 milhões de libras (cerca de 16 milhões de reais) de seu próprio bolso na empresa. "Isto representa um enorme compromisso pessoal que não pretendo reaver, estou feliz de poder contribuir para que o negócio siga em frente", disse o vocalista.

Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »