Derek Riggs: "Parar de desenhar para o Iron Maiden foi a pior decisão"



O álbum "Somewhere in Time", lançado pelo Iron Maiden em 1986, possui uma das capas mais marcantes da discografia da banda e da história do Rock. O ilustrador Derek Riggs revelou em entrevista ao site EMP as dificuldades que teve para realizar esse trabalho:

"Me desgastou muito. Naquela época eu vivia em Londres e passei dois meses trabalhando direto na capa, e depois mais um mês. Daí tive que parar, já havia feito o suficiente. Coloquei na cabeça que não podia mais ver aquela capa em minha vida. Não conseguia pensar em mais nada e a cada dia inseria mais detalhes. Depois de tudo, ainda reclamaram que os desenhos da contra-capa não se pareciam exatamente com eles... COMO ASSIM? O desenho só tem alguns poucos centímetros... como querem que se pareça com vocês, se são do tamanho de selos postais?



Sobre não desenhar mais para o Iron Maiden, Derek disse que chegou a um ponto que não podia mais continuar, apesar do dinheiro que poderia ter ganho: "Com certeza foi a pior decisão de negócios que tomei em minha vida, mas trabalhar com os gerentes da banda era uma loucura. Tudo era motivo de briga e tinha que mudar, e eu estava cansado daquilo. Com "Fear of the Dark" tudo acabou, me pagaram um pouco mas sequer compraram a arte, eu não a vendi e até hoje temos este assunto em aberto".

Derek também falou sobre uma possível colaboração com o Iron Maiden, tão desejada pelos fãs mais tradicionais: "Fiz um par de coisas para eles desde então e me ofereceram um contrato que a princípio era muito bom, mas pensei melhor e deixei passar. O jeito que eles trabalham, como me apresentaram, não é adequado. Não sou destes caras que fazem cinco ou seis propostas para que escolham uma. Entrei neste negócio pra fazer bons trabalhos, não para satisfazer um diretor de arte".

Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »