...

Blaze Bayley: "disseram que eu não era bom o suficiente"



Em entrevista para um documentário produzido pelo The Metal Voice sobre sua turnê no Canadá, o vocalista Blaze Bayley falou sobre sua passagem pelo Iron Maiden, onde esteve entre 1994 e 1999.

"Deixei a banda, mas não foi minha escolha - eu fui demitido. Eles disseram que eu não era bom o suficiente. Eu perguntei se Bruce (Dickinson) estava voltando e responderam 'sim'. Acho que naquela época as vendas de discos estavam despencando e a (gravadora) EMI havia fechado fábricas em todo o mundo, a indústria fonográfica estava encolhendo, então acredito que foi uma decisão empresarial. Mas sim, fiquei muito furioso, acho que levou quatro anos para eu aceitar o que havia acontecido. E eu de fato acredito que, se as coisas tivessem sido ligeiramente diferentes, seria muito difícil Bruce retornar, pois as músicas em que trabalhávamos, as ideias que eu tinha para o que seria meu terceiro disco com o Iron Maiden provariam para os fãs que aquela formação funcionava. Mas não tive a oportunidade de concluir aquele terceiro álbum".







Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »