Steve Harris: "Pedimos para usar a bandeira chinesa, mas também foi negado"



Em entrevista para a Planet Rock, o baixista Steve Harris falou sobre como foi voltar a excursionar com o Iron Maiden e a primeira vez da banda na China, com diversas restrições impostas pela censura. “Achei que ia ser bem pior, para ser sincero. Não nos deixaram usar a bandeira britânica em ‘The Trooper’. Na realidade, qualquer uma, pois pedimos para usar a bandeira chinesa, mas também foi negado. Foi estranho o pedido para mudar a letra de ‘Powerslave’, que adaptamos trocando para ‘The Wickerman’. Não entendi o motivo, só eles poderiam explicar, mas tudo bem. Fizemos os shows e o público foi ótimo, melhor que o esperado por mim. Também pude conhecer a Grande Muralha da China, algo que sempre quis”.

Harris também explicou a escolha da banda por usar um Eddie inflável, para que pudessem carregar ainda mais carga no Ed Force One. "Nós criamos o show para incluir coisas infláveis, para que pudéssemos transportar ainda mais coisas [...] É ótimo estar lá fora, mas subir o nível com um gigantesco avião assim. Quando eu o vi pela primeira vez, não podia imaginar o tamanho daquela maldita coisa."

Fonte: Planet Rock

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »