Palmeiras presta homenagem especial a Iron Maiden e Anthrax

O Iron Maiden encerrou, em São Paulo, sua longa turnê pela América Latina para promover o novo álbum “The Book of Souls”, com um show SOLD OUT no Allianz Parque.

Sabendo do fanatismo do lendário baixista Steve Harris por futebol, a seleção brasileira e já declarada admiração pela Sociedade Esportiva Palmeiras, o clube aproveitou a passagem do músico pela capital paulista e a apresentação em seu próprio estádio para presenteá-lo com uma camisa especialmente personalizada. “Que camisa bonita! Muito obrigado pela lembrança! Vou guardar com muito carinho!”, declarou o baixista e líder da banda.



Quem também ficou agradecido pelo presente foi o sempre descontraído baterista Nicko McBrain. “Que surpresa legal, ainda mais com o meu ano de nascimento. Vocês mandaram muito bem!”. O guitarrista Janick Gers também sentiu-se lisonjeado pela homenagem. Mesmo prestes a entrar em cena, fez questão em receber e posar para uma foto com o mando do alviverde.



O vocalista Bruce Dickinson e os outros guitarristas Adrian Smith e Dave Murray receberam as camisas de forma mais reclusa em seus devidos camarins.

A Sociedade Esportiva Palmeiras também aproveitou a oportunidade para homenagear a banda Anthrax, convidada especial da Donzela de Ferro, durante esta excursão. Como o grupo é norte-americano, eles são mais chegados em outro esporte, o futebol americano, é claro! Portanto, o vocalista Joey Belladona ganhou uma camisa com o número 666 do Palmeiras Locomotives, deixando a justa homenagem mais com a cara do grupo. “Muito obrigado pela camisa! Adorei a ideia, o número, a personalização. É a nossa cara!”, declarou o lendário frontman.



Esta foi a terceira vez que o Iron Maiden "jogou" na casa do Verdão. O grupo já havia tocado anteriormente em 1992 e 2008. Nesta nova passagem, eles se apresentaram para 42 mil pessoas.

Fotos: Costábile Salzano Jr / The Ultimate Music - PR
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »