...

Ed Force One: seis coisas que sabemos sobre o novo avião do Iron Maiden



Agora o mundo já conhece a última encarnação do avião do Iron Maiden, o Ed Force One. A banda exibiu por streaming a aterrissagem da aeronave no aeroporto de Cardiff através do Periscope e Bruce Dickinson já assumiu o comando na viagem até a Flórida, para o tão aguardado início da turnê The Book Of Souls. Abaixo você confere seis curiosidades que a Metal Hammer listou sobre o Ed Force One.

01 - Ele é muito maior.

Enquanto o Ed Force One de Somewhere Back In Time e Final Frontier era um 757-200, o novo avião do IRON é um gigantesco 747-400. O avião da Air Atlanta Icelandic possui 70.7m, com uma envergadura de 64.4m, pesando 178.8 toneladas. Em comparação, o 757 possuía, respectivamente, 47.3m, 38.1m e 57.84 toneladas. O avião também tem o dobro de turbinas que o 757, quatro, explicando o barulho que ele emite quando chega ao solo.



02 - Ele não foi modificado.

Os antigos EFOs [Ed Force Ones] tiveram que passar por várias modificações estruturais para comportar a banda e as 12 toneladas de equipamentos de sua produção de palco. Este 747, porém, além da necessidade de mover alguns assentos, ele é grande o suficiente para carregar a banda, a equipe, os equipamentos, efeitos de palco e quantos Eddies forem necessários. Existe espaço o suficiente para que os passageiros tenham uma fileira inteira de assentos durante os voos.



03 - Ele é mais rápido.

Com uma velocidade de 567mph (milhas por hora), ele é um pouco mais rápido do que seu predecessor (530mph). Pode não ser a velocidade da luz, mas vai limpar algumas horas do tempo de voo durante os 88.500km da turnê do Maiden ao redor do mundo.



04 - Ele pode voar por mais tempo.

Um dos piores processos de longos voos é ter que pousar, reabastecer e voar novamente. Por outro lado, o novo Ed Force One tem um incrível alcance de 13.450km, quase o dobro do 757 anterior, fazendo que as paradas de reabastecimento sejam menos frequentes, para a felicidade do capitão Dickinson.



05 - Ele é muito, muito caro.

O 757 que o Maiden usava, custa certa de US$ 65 milhões. De acordo com a pesquisa feita pela Metal Hammer, o 747-400 custa espantosos US$ 250 milhões. Impressionante.



06 - A arte está ainda melhor.

Quem mais no mundo poderia fazer um avião gigante com seu sombrio mascote, logos da cerveja da banda e jogo de computador, além de alguns outros easter eggs? Só o poderoso Maiden.



Tradução: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »