...

Bruce Dickinson: "O avião antigo era pequeno para o novo palco do Iron Maiden"



O vocalista Bruce Dickinson explicou em entrevista coletiva no desembarque do Ed Force One em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, que o antigo Ed Force One, um Boeing 757, era pequeno para o novo palco do Iron Maiden.

"O 757 não era grande o suficiente para o que tínhamos em mente, em termos de show. Então, o que tínhamos para acomodar era o palco".

Bruce também comentou as vantagens de ter um avião maior: "Quando surgiu a oportunidade com os meus amigos da Air Atlanta Icelandic de alugar um 747 para The Book of Souls World Tour, é claro que aproveitei a chance!"

"O maior benefício de viajar em um 747 é que devido ao seu tamanho colossal e capacidade de frete, podemos levar a nossa produção de palco, todo equipamento e mesas no porão de carga, sem ter que fazer as modificações estruturais imensas que fizemos com o antigo 757 e que os fãs viram no documentário Flight 666. Além do que, temos mais espaço para a banda e equipe, que terá agora quase que uma fileira inteira de assentos para pegar no sono durantes os voos. Ele também é ligeiramente mais rápido e não teremos que fazer as paradas de reabastecimento que precisávamos com o 757."

Fonte: Gibson.com | 98.7 The Gater


Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »