Bruce Dickinson: "quanto melhor o músico, maior chance de criar coisas sem alma"



Em entrevista para o programa "Q" da CBC Radio One, o vocalista do Iron Maiden, Bruce Dickinson, falou sobre a evolução musical da banda.

"O que acontece é que quando você está em uma banda como o Iron Maiden e constata a capacidade individual dos músicos ao ver eles tocando sem que estejam sendo gravados, você pensa 'Wow! Há muito mais coisas que podemos fazer', basta apenas juntar todos na hora e lugar certo e registrar o resultado. Mas aí vem um problema - os álbuns não são feitos com tanta frequência hoje em dia. Juntar todos em um único lugar com o mesmo objetivo... isto é difícil. Se você observar o início das carreiras das grandes bandas, elas fizeram um, dois, três, talvez até quatro álbuns em poucos anos, e estes trabalhos são os que vão marcar a banda pelos próximos 25 anos. Se a banda durar tudo isto, com certeza ainda estarão tocando material destes primeiros álbuns. E após este início, é muito, extremamente difícil criar algo tão empolgante. Geralmente é preciso que todos estejam na mesma vibração mental para que todos toquem de maneira natural e o disco saia autêntico e genuíno. É fácil gravar apenas para fazer números, e se torna ainda mais fácil conforme você se aprimora. Quanto melhor músico você for, maior a probabilidade de criar coisas sem alma, sem valor. Se você pegar um bando de garotos que estão tocando no limite de suas habilidades, eles terão uma empolgação e energia que os velhos e experientes músicos não conseguirão repetir".



Fonte: Whiplash.Net
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »