Letra: Iron Maiden - The Great Unknown (Tradução)



The Great Unknown / O Grande Desconhecido
Álbum: The Book Of Souls (2015)
Adrian Smith / Steve Harris

Winter softly falling to the ground
Calmly waiting don’t you hear a sound

When the world has fallen to the depths below
Where the future’s open and the fear has grown

And the path to follow to the great unknown
Where the dark has fallen and the seed is sown

In the selfish hearts of some
The nightmare’s coming
With the spilling blood of others
Now wringing through

Now the cup is spilling over
Wake to news of death
And the prophecy of sages
Destiny is met

To the depths of human mind
The cry is burning
With the mentor’s anger
Of the lesson ringing true

And for those who live by and are dying by the sword
They will take their ideals with them
Justify their end

Where the fools are lying and the meek are crying
Where the wolves are preying
On the weak alone

Where the sons are dying
Hear their mothers crying
And the distant sound of fire
Begins again

Never ending the desires of men
It’ll never be the same or calm again
In a time of changing hearts
And great unknown
It’ll be the damnation and end of us all

Where the fools are lying
And the meek are crying
Where the wolves are preying
On the weak alone

Where the sons are dying
Hear their mothers crying
And the distant sound of fire begins again

Never ending the desires of men
It’ll never be the same or calm again
In a time of changing hearts
And great unknown
It’ll be the damnation and end of us all

When the world has fallen
And we stand alone...
O inverno caindo suavemente ao chão
Esperando calmamente, não se ouve um ruído

Quando o mundo caiu nas profundezas abaixo
Quando o futuro está aberto e o medo tem crescido

E o caminho a seguir é o grande desconhecido
Quando a escuridão caiu e a semente é plantada

Nos corações egoístas de alguns
Os pesadelos estão chegando
Com o sangue derramado de outros
Agora sendo espremido

Agora o cálice está transbordando
Acorde para as novas da morte
E a profecia do sábio
O destino é encontrado

Para as profundezas da mente humana
O choro está queimando
Com a fúria do mentor
Da lição ressoando a verdade

E para aqueles que vivem e que estão morrendo pela espada
Eles levarão seus ideais com eles
Para justificar seu fim

Onde os tolos estão deitados e os mansos estão chorando
Onde os lobos estão à espreita
Apenas do mais fraco

Onde os filhos estão morrendo
Onde as mães estão chorando
E os sons distantes de tiro
Começam de novo

Nunca acaba o desejo dos homens
Nunca mais será o mesmo ou calmo outra vez
Em uma época de mudanças de ideias
E o grande desconhecido
Será a condenação e o fim de todos nós

Onde os tolos estão deitados
E os mansos estão chorando
Onde os lobos estão à espreita
Apenas do mais fraco

Onde os filhos estão morrendo
Onde as mães estão chorando
E os sons distantes de tiro começam de novo

Nunca acaba o desejo dos homens
Nunca mais será o mesmo ou calmo outra vez
Em uma época de mudanças de ideias
E o grande desconhecido
Será a condenação e o fim de todos nós

Quando o mundo caiu
E nós ficamos sozinhos
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »