Bruce Dickinson: "nunca imaginei que seria piloto"



Quando o Iron Maiden gravou a clássica "Aces High", o vocalista Bruce Dickinson jamais poderia imaginar que, como os heróis da música, estaria um dia em uma batalha aérea entre aviões de guerra britânicos e alemães, sobre os campos verdes da Inglaterra.

Pois foi exatamente isso que Bruce fez no último final de semana a bordo de um triplano da Primeira Guerra Mundial no famoso Duxford Air Show.

Em entrevista ao Sunday Express, Bruce falou sobre sua relação com a aviação e sobre o seu Fokker Dr1, igual ao do lendário "Barão Vermelho" Manfred von Richthofen.



"Eu sou o vilão, então eu sempre sou abatido no final," riu Dickinson.

"Meu padrinho foi da RAF na Segunda Guerra Mundial, e por isso sempre me interessei por aviação, mas só consegui voar aos 30 anos. Tudo que fiz antes disso foi construir aeromodelos e olhar para o céu melancolicamente a imaginar."

"Foi o nosso baixista Steve Harris que escreveu Aces High, eu fiquei de fora pois ele chegou primeiro, mas sempre fui apaixonado por aviões, apesar de nunca, em um milhão de anos, imaginar que um dia seria piloto de um avião transatlântico, muito menos participar de um duelo com aviões da Primeira Guerra Mundial."



"Depois que eu finalmente mergulhei nisso tudo, pensei que gostaria de ter feito isso dez anos antes, mas se eu tivesse feito antes, todas as coisas com o Iron Maiden poderiam não ter acontecido."

Quando o engenheiro e projetista John Day morreu e a viúva colocou sua aeronave triplano à venda, foi tentador demais para Bruce Dickinson resistir: "Dei uma olhada e decidi que não podia deixar de comprá-lo. É soberbo! John era um engenheiro incrível e tudo tinha que ser original. É uma obra de arte."

Comprar um triplano é uma coisa, mas fazer a batalha no céu é outra completamente diferente: "Há um grau de risco em tudo - mas é como você gerencia isso que importa. Parece perigoso, mas não pode ser perigoso", afirma Dickinson.

"Sempre me perguntam qual é a sensação de estar no palco na frente de 100 mil pessoas, mas a verdade é que eu realmente não tenho a chance de desfrutar, porque eu estou muito ocupado fazendo todos os malabarismos. Se eu tivesse tempo para fazer um selfie mental de mim mesmo eu não estaria fazendo meu trabalho corretamente. Eu me satisfaço ao saber que meus fãs tiveram um grande momento - é a mesma coisa com o show aéreo."


Duxford welcomes Iron Maiden frontman from ITV Anglia on Vimeo.

Fonte: Sunday Express / ITV News
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »