Vorterix: Bruce fala sobre novo álbum do Iron Maiden e próxima turnê!



Bruce Dickinson foi entrevistado pelo site Vorterix e falou sobre o futuro do Iron Maiden, a escolha das músicas para as turnês e sobre os cuidados com a sua voz. Confira abaixo alguns trechos.

Sobre os planos do Iron Maiden para um novo álbum Bruce afirma: "Bem, posso garantir, vamos fazer outro álbum. Quando vamos fazer, isso eu não posso te dizer", admite o vocalista, que também confirma que já começou a escrever material para o 16º álbum do Maiden: "Na verdade eu já escrevi um monte de coisas. Você sabe, todos nós estamos escrevendo pequenos pedaços o tempo todo. Vamos ver o que acontece."

A banda vem percorrendo o mundo nos últimos dois anos com a Maiden England Tour, que revisitou a clássica turnê do álbum Seventh Son Of A Seventh Son. Questionado sobre se vão ou não fazer algo semelhante com o material dos anos 90, Dickinson fica um pouco incerto.

"Nós não decidimos sobre isso ainda. Vamos ver o que acontece no próximo ano. Mas sim, eu não acho que os fãs do Maiden vão ficar frustrados por muito tempo."

Bruce também afirma que sente falta de cantar algumas músicas do álbum Powerslave (apesar de duas delas estarem na Maiden England Tour) e até mesmo músicas mais antigas, como Children of the Damned e Revelations. Neste ponto da entrevista Bruce afirma que o Maiden ainda terá muitas turnês pela frente!

Em contraste com bandas como Guns N 'Roses, Metallica, Mötley Crüe e Kiss, o Iron Maiden sempre fugiu da imagem de "bad boys" e excesso em festas e coisas do tipo. Dickinson afirma que esta não foi uma decisão consciente .

"Não, é apenas como somos, realmente. Quer dizer, eu não estou dizendo que ninguém na banda fumou maconha quando era mais jovem. A maioria dos garotos provavelmente já tentou fumar maconha . A maioria dos garotos provavelmente já tentou algumas outras coisas que eu nunca tentei.

A razão pela qual começamos o Maiden, a razão pela qual todos se tornaram músicos, foi porque queríamos ser músicos, e não para nos tornarmos drogados. Nós gostamos de cerveja e cerveja é uma das coisas que mais gostamos. Bebemos cerveja e bebemos um pouco de vinho e muito café. E é isso mesmo, estamos apenas tentando nos divertir um pouco."

Em contraste com a maioria dos outros roqueiros da sua idade, Dickinson ainda é capaz de cantar bem alto como faz em hinos como Aces High e Run To The Hills assim como fez décadas atrás. Como ele manteve sua voz firme e forte através de todos esses anos?

"É como uma espécie de guitarrista, você quer aprender mais sobre o seu instrumento. Você quer saber como ele soa, como cuidar dele. A única coisa que você não pode fazer com a voz, é colocar cordas novas nela."

O cantor comenta "A voz é algo muito sutil e muda com a idade, à medida que amadurece, o seu corpo muda e todas essas coisas tem uma influência sobre a sua voz. É como uma espécie de instrumento de madeira, a madeira fica mais velha, desenvolve um tom e você terá mudanças sutis.

O vocalista do Iron Maiden destaca a importância de cuidar da sua voz quando algo está errado. Ele estima que cancelou apenas algo em torno de 25 shows em mais de 35 anos de carreira, mas os cancelamentos foram importantes: "Isso pode ser a diferença entre manter a minha voz ou não manter a minha voz. Eu nunca tomei esteroides ou essas pastilhas terríveis. Se a minha voz é tão ruim que eu não posso cantar sem essas coisas, então eu não deveria estar cantando."

Dickinson diz que é preciso ser bastante profissional quando se trata de lidar com um resfriado ocasional: "Se eu estou doente com um resfriado, eu posso passar por isso. Se eu estou realmente doente com laringite e bronquite ou alguma coisa, é melhor seguir o conselho do médico. É melhor cancelar três shows e ter sua voz ser excelente para os próximos 300."

Bruce se mostra ainda interessado em desenvolver sua habilidade como vocalista "Eu meio que tenho o meu próprio estilo agora. Então, eu busco coisas diferentes para fazer com minha voz. Eu ainda estou tentando fazer coisas que eu fiz quando tinha 23 anos. Mas eu posso fazer coisas agora que eu não poderia fazer quando eu tinha 23 anos. Então, estou procurando maneiras de como fazer coisas diferentes com a minha voz. Como apresentar tons diferentes a medida que envelheço, é muito bom ser capaz de fazer essas coisas com a sua voz, ela fica mais encorpada e mais profunda.

Assista a entrevista na íntegra 
http://vorterix.com

Fonte: Maiden Revelations
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »