Bruce Dickinson: planos para os negócios em 2013

Quando não está na estrada com o Iron Maiden, Bruce Dickinson, vocalista da banda, está no comando de seu negócio sediado no País de Gales, a Cardiff Aviation, uma empresa do ramo de manutenção de aeronaves que ele fundou há pouco tempo. Agora, Dickinson começa o novo ano com uma base sólida para nova operação com a esperança de um futuro próspero.

Quando Bruce anunciou o negócio, foi especulado que poderia trazer centenas de oportunidades de trabalho à comunidade local. Em uma nova entrevista ao Wall Street Journal, ele revelou que seu negócio atualmente emprega 40 pessoas, mas que espera ter entre 100 e 125 colaboradores no próximo verão. "Isso não é ruim", disse o vocalista que admitiu ser adepto do "maravilhoso mundo da praticidade". No entanto, mesmo com o crescimento esperado, há uma quantidade incrível de paciência e a capacidade de moderar as expectativas necessárias para gestão do negócio.

"Claramente a aviação é um setor altamente regulamentado e isso faz com que as coisas levem tempo para entrar no eixo", explicou Dickinson. Ele diz que é um pouco frustrante saber que eles têm alguns planos para dar andamento, mas que devem aguardar a burocracia antes de prosseguir. E acrescentou: "temos 5 milhões de dólares em máquinas pesadas... temos bastante coisa em nosso hangar para construir uma aeronave". No entanto, primeiro, há uma série de certificações que precisam ser obtidas.

Mas Dickinson segue confiante em seu futuro e diz que ele tem os dois principais atributos necessários para chegar ao sucesso. "Você tem que ter uma visão, mas também tem que ter bom senso", explicou.

Anos de tentativas e erros ao longo do caminho também ajudaram. Ele lembra um de seus primeiros empreendimentos, da época de sua juventude. "Um dos meus primeiros empreendimentos foi quando eu tinha 9 anos de idade. Percebi que havia uma escassez de lápis na escola, então comecei a alugar lápis. Mas cometi um erro grave. Todos roubaram meus lápis."

Fonte: Whiplash.Net
Tradução Paulo Giovanni G. Melo
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »