Stjepan Juras: o autor do livro "The Clairvoyant"

Nascido na Croácia, Stjepan "Stipe" Juras, de 34 anos, teve seu primeiro contato com o rock n’ roll aos 6 anos de idade, com uma simples fita k7 dos gigantes do Led Zepellin. Desde então, com o passar dos anos, tem se dedicado única e exclusivamente ao ramo da música pesada. Além de ser jornalista musical para um jornal local (Slobodna Dalmacija), Stiper também é empresário da banda Rising Dream que, inclusive, excursionou com o Iron Maiden pelo seu país durante a Somewhere Back in Time World Tour 2008-2009.

E foi após ter ouvido, pela primeira vez, o álbum “Powerslave”, dos não menos gigantes do Iron Maiden, que ele se tornou mais um fanático pelos ingleses, tendo inaugurado e sendo presidente até hoje do fã clube croata da Donzela de ferro, o Maiden Croatia (www.maidencroatia.com).

É exatamente sobre o Maiden que Stipe Juras vem concentrando seus trabalhos e dedicando grande parte de seu tempo atualmente, já que desde 2007 teve a ideia de escrever, de acordo com suas palavras, sobre “o primeiro nome da história do metal”, ou seja, sobre Steve Harris, baixista e fundador do Iron Maiden, simplesmente por achar que o ícone do Heavy Metal mundial merece uma biografia somente sua.

Foi assim que Stipe começou, em 2008, uma interessante jornada. Escrever uma biografia pura e unicamente dedicada a Steve Harris.

A biografia, que possui o título de “Steve Harris – The Clairvoyant”, possui mais de 25 depoimentos de vários nomes conhecidos do meio musical, inclusive de todos os ex-membros da banda, como Paul Di’Anno, Clive Burr, Blaze Bayley, além de depoimentos de integrantes de bandas como Kiss, Judas Priest, Scorpions, Helloween e algumas outras personalidades. Há também depoimentos de familiares, membros da banda, organizadores de shows, ex-roadies, como Dave Lights (um dos primeiros responsáveis por toda a iluminação de palco da banda e um dos roadies que ajudou a “dar vida” a Eddie, mascote da banda).

Stiper garante que a biografia possui vários pontos de vista e contêm muitas estórias interessantes e pessoais sobre a vida de Harris, bem como fotografias exclusivas do baixista. Stiper garante também que muitas estórias, contadas por amigos de Harris e até “ex-amigos”, estarão presentes, deixando que o leitor se posicione de acordo com o relato que achar mais “confiavél”.

Stiper fez questão de ressaltar que entrevistou até Slaven Bilic, ex-jogador do time inglês West Ham United no qual Steve Harris quase se tornou jogador profissional e é apaixonado até hoje. Abaixo a foto de Slaven e Harris, feita pelo próprio Stiper, em 2008.
Quando perguntado sobre como fez para entrevistar tantos músicos conhecidos, Stiper respondeu que possui muitos contatos que lhe ajudaram, mas que, principalmente, através de e-mail conseguiu contatar a maioria. Disse que se você tiver uma boa razão para contatá-los, eles responderão. Steve Harris e Iron Maiden, são, definitivamente, uma boa razão.

O plano é lançar 55 edições especiais, exatamente na data de aniversário de Harris, 12 de março, dia em que completa 55 anos. Mas não é só: Stiper tem como uma de suas principais metas traduzir o livro para o português e lançá-lo no Brasil, durante a próxima turnê dos ingleses na América do Sul (março/abril de 2011) e, finalmente, lançá-lo em inglês, italiano, alemão.

Stiper, que nunca esteve na América do Sul, acredita que o Brasil tem fãs extremamente fieis, além de afirmar que o país é excelente para shows de heavy metal, por isso sua intenção de lançá-lo aqui.

O próximo alvo do croata é Dee Snider, do Twisted Sister. Stiper revelou que ainda está apenas cogitando contatá-lo.

Por fim, abri um espaço para que o autor deixasse uma mensagem final para os fãs do Iron Maiden. Ele o fez, e disse: “Eu sou um grande fã de Maiden e todos os fãs da banda são como irmãos e irmãs pra mim. Então, quando pegarem o livro, vocês, fãs, sentirão uma atmosfera muito familiar. Ah, por favor, façam com que todos os estádios estejam com suas capacidades esgotadas em março. Mostrem o que vocês sabem.”


SITE OFICIAL: STEVE HARRIS - THE CLAIRVOYANT


Por Alan Victor Rosseto Biroli
Publicado Originalmente no Whiplash!
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »