Review: Iron Maiden no Madison Square Garden!

O Iron Maiden continua com a "The Final Frontier World Tour" pela América do Norte, e se apresentou na última segunda-feira, dia 12 de julho, em Nova York! Confira setlist, fotos e review do show!

01. The Wicker Man
02. Ghost Of The Navigator
03. Wrathchild
04. El Dorado
05. Dance Of Death
06. The Reincarnation Of Benjamin Breeg
07. These Colours Don't Run
08. Blood Brothers
09. Wildest Dreams
10. No More Lies
11. Brave New World
12. Fear Of The Dark
13. Iron Maiden
14. The Number of the Beast
15. Hallowed Be Thy Name
16. Running Free


Por Steve Kandell (Spin.com) - É fácil esquecer, mas em meio ao dilúvio constante de notícias sobre a cratera na indústria da música, algumas bandas estão prosperando sorte, aparentemente alheias à realidade de seus pares e contemporâneos. E os heróis do Heavy Metal britânico, o Iron Maiden, estão no topo dessa lista.

Tendo vendido mais de 100 milhões de discos ao longo de seus 30 anos de carreira, o Iron Maiden toca regularmente para multidões de 100.000 pessoas em todo o mundo, por isso a data esgotada no Madison Square Garden pode ter parecido para eles apenas um show em um clube intimista. Mas enquanto muitas bandas de metal veteranas teriam que definir um setlist com clássicos e hits de rádio, o que o Iron Maiden fez de bom grado em visitas anteriores, este show de duas horas evitou os anos 80, apogeu comercial da banda, e foi totalmente a favor das músicas da década passada e apenas alguns clássicos, dos quais os cerca de 20 mil presentes sabiam cada palavra, o que é uma prova de longevidade desta banda.

Assim, não tivemos "Aces High" ou "Run to the Hills" ou "Two Minutes to Midnight", mas um set de músicas menos familiares, porém eficazes como "The Wicker Man" e "Ghost of the Navigator do disco de 2000 "Brave New World", do álbum de 2003 tocaram "No More Lies" e a nova "El Dorado" primeiro single de seu 15° álbum "The Final Frontier", previsto para agosto.



Dickinson, que chegava a notas altas e correu ao longo das passarelas do palco como quando o vocalista e "Metal-God" tinha metade de seus quase 52 anos, não era mais nada se não um alegre mestre de cerimônias no palco montado na casa do New York Knicks. Impressionante perceber que quase um terço da multidão dizia estar indo a um show do Iron Maiden pela primeira vez, e depois de um sincero boas-vindas "à família", Dickinson dedicou a música "Blood Brothers" ao falecido Ronnie James Dio e foi ovacionado pela platéia que disparou chifres do diabo para o céu em sua homenagem.



Enquanto isso, na frente as três guitarras de Adrian Smith, Dave Murray e Janick Gers não apresentaram ferrugem depois de tanta quilometragem. Os 'die-hards' famintos por coisas antigas foram recompensados com "Wrathchild" do álbum 'Killers' e uma sequência que fechou o show com os cavalos de guerra dos anos 80, incluindo "Iron Maiden", a eterna "The Number of the Beast" e o final com "Running Free"

Fotos: Jackie Roman
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »