Review: Iron Maiden em Winnipeg

O Iron Maiden segue no Canadá e se apresentou ontem em Winnipeg no MTS Center, dessa vez sem o Dream Theater, mas com a abertura dos canadenses do Automan.ca que inevitavelmente foram bastante vaiados no seu show de pouco mais de 20 minutos. Confira o setlist do Maiden e um trecho da resenha do site WinnipegSun!

01. The Wicker Man
02. Ghost Of The Navigator
03. Wrathchild
04. El Dorado
05. Dance Of Death
06. The Reincarnation Of Benjamin Breeg
07. These Colours Don't Run
08. Blood Brothers
09. Wildest Dreams
10. No More Lies
11. Brave New World
12. Fear Of The Dark
13. Iron Maiden
14. The Number of the Beast
15. Hallowed Be Thy Name
16. Running Free


Por Sterdan Darryl, Winnipeg Sun: "Havia muitas canções recentes e poucas antigas. Sabemos que eles tocaram os clássicos em sua última turnê. E eu os respeito, mesmo assim, você pode realmente ter um show do Iron Maiden sem 'Run to the Hills', 'The Trooper', 'Two Minutes to Midnight', 'Aces High' ou 'Can I Play With Madness' ? Mais importante, porque você iria querer? Na verdade, eu parecia estar em minoria - a multidão pareceu gostar de ter metade do show dedicado a canções de seus três últimos CDs.

Permitindo alguns cortes - a poderosa 'These Colours Don't Run' e o galopante novo single 'El Dorado' - foram decentes. Mas no geral, achei o set arrastado no meio... O início e o final, no entanto, foram irrepreensíveis. A abertura com 'The Wicker Man' e 'Wrathchild' antecedeu a primeira de muitas músicas longas. Depois da seção do meio tempo, estiramento e repouso - vieram 'Fear of the Dark' (com participação espontânea do público), uma impetuosa 'Iron Maiden' (com a aparição obrigatória do esqueleto-zumbi-mascote Eddie de 10 metros de altura), e o triplamente poderoso 'bis' com 'The Number of the Beast', 'Hallowed be Thy Name' e 'Running Free' - quase fez esquecer as falhas. Quase."

Confira a resenha na íntegra (em inglês)
http://www.winnipegsun.com
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »