Dave Murray fala sobre 'The Final Frontier'

Gary Graff da Billboard.com falou recentemente com o guitarrista Dave Murray sobre "The Final Frontier", o 15º álbum do Iron Maiden que tem lançamento previsto para 17 de agosto nos Estados Unidos (um dia antes internacionalmente) via Universal Music Enterprises (UME). Confira!

Dave Murray: "Nós realmente acabamos em seis semanas. Estávamos ficando abaixo de uma faixa por dia - todos tocando juntos, Bruce cantando, todos na mesma sala, por isso há uma sensação de "ao vivo no estúdio" para ele. Assim que terminava uma faixa tínhamos que pular direto para fazer alguns trechos extras de guitarra. Foi muito rápido para nós."

Murray diz que o conjunto de 10 faixas, produzido e mixado por Kevin Shirley, terá canções simples e também faixas mais longas e complexas. Segundo Dave, um dos destaques é a última faixa do álbum "When the Wild Wind Blows", uma faixa de 11 minutos que é uma das maiores canções que o Iron Maiden já gravou. "O ritmo é um pouco diferente do que fizemos antes, e há muitas melodias", diz Murray. "É uma grande canção. Aprendemos nas seções de gravação porque era um arranjo muito complexo, mas ela soa bem natural."

"The Final Frontier" é o primeiro álbum de inéditas do Iron Maiden desde 2006 quando a banda lançou "A Matter of Life and Death", maior lacuna do grupo entre os álbuns de estúdio. Mas Murray diz que, graças a outros projetos - incluindo o premiado documentário "Flight 666" de 2009 - o grupo não sente o tempo passar. "Houve ainda um monte de coisas que saem da banda, por isso não se sente como quatro anos", diz ele. "Eu acho que o tempo voa quando você está se divertindo."

Sobre a nova turnê que segue este ano pela América do Norte e depois vai para a Europa, Murray diz que está ansioso para tocar mais material novo no futuro."É verão, por isso, só queriamos sair, nos divertir e tocar um monte de material velho para os fãs", explica ele. "Nós definitivamente estaremos em turnê novamente - Não temos certeza de quando, mas com certeza estaremos tocando mais músicas do novo álbum. Mas o momento é bom porque você está sempre a planejar com antecedência o que vai estar fazendo em cinco anos, e às vezes é bom apenas viver o momento ".

Fonte: Billboard
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »