Bruce impedido de pilotar após os shows

Chefes da aviação proibiram Bruce Dickinson, piloto e vocalista do Iron Maiden, de voar com sua banda na última turnê, temendo que as apresentações o deixariam muito cansado.

A banda utilizou um Boeing 757 personalizado - nomeado “Ed Force One” - em sua turnê “Somewhere Back In Time Tour”. Bruce, que voa para uma empresa comercial de aviação em seu tempo livre, esperava pilotar o tempo todo, enquanto o Iron Maiden passava por 13 países em cinco continentes em apenas 45 dias, mas os oficiais da Aviação Civil Britânica o forçaram a cumprir um repouso de doze horas entre os shows e os vôos, fazendo com que a banda e sua equipe tivesse que contar com um co-piloto em muitos deles.

Apesar de Bruce ficar decepcionado, muitos membros de sua equipe ficaram aliviados. Nicko McBrain, baterista da banda, disse: "Alguns dos membros da equipe falaram, 'O que? Após correr pelo palco, ele vai pilotar para nos levar de volta?'"

Fonte: Contact Music | Whiplash
Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »