EP: The Soundhouse Tapes - 1979

The Soundhouse Tapes
10 de novembro de 1979

1. Iron Maiden
2. Invasion
3. Prowler


Sentindo que precisavam de uma "demo tape" para divulgar seu trabalho, os então integrantes do Iron Maiden (Steve Harris, Dave Murray, Doug Sampson e Paul DiAnno) juntaram 200 libras e se dirigiram ao Spacewood Studios em Cambridge, na antevéspera do ano novo de 1979, onde gravaram quatro músicas: "Prowler", "Invasion", "Strange World" e "Iron Maiden". Porém, o dinheiro era insuficiente para pagar a fita master, e a única coisa que conseguiram foram cópias em fitas cassete sem nenhuma edição nem mixagem. Entretanto, uma destas cópias foi parar na mão de Neal Kay, proprietário do Bandwagen Soundhouse, pub do Kingsburry Circle, na parte noroeste de Londres. Quando este resolveu tocar a fita numa noite, o público veio abaixo, e logo o Iron foi convidado para se apresentar ao vivo no local, que até então não aceitava bandas desconhecidas!

Em outubro de 1979 a banda faz um "showcase" (show de demonstração para chamar a atenção das gravadoras), porém, como nenhuma se interessara, em novembro resolvem lançar um selo próprio, chamado "Rock Hard Records", e transformam a fita demo num disco independente. Os caras pegam as fitinhas K7 que tinham (já que o Spaceward Studios tinha apagado as fitas master) e copiam três músicas para o EP ("Prowler" de um lado e "Iron Maiden" e "Invasion" do outro), intitulando-o "The Soundhouse Tapes" em homenagem ao pub. Foram prensadas apenas cinco mil cópias do disco, vendidas quase que imediatamente nos shows e via correio. Aí então a EMI se interessa, e a banda assina com a superpoderosa gravadora em 28 de dezembro, quase um mês após o lançamento do EP, que como nunca mais foi reeditado, é hoje em dia o ítem mais cobiçado (e pirateado) da banda.

Apesar de a gravação original ter sido apagada e de Strange World ter sido rejeitada pela banda por falta de qualidade final, a edição de 5.000 cópias do denominado The Soundhouse Tapes foi um sucesso raro, esgotando e a banda posteriormente rejeitou reedições, para não quebrar uma certa aura criada à volta do disco.

Neal Key, na altura DJ no clube de metal mais famoso de Londres (o Soundhouse), foi o grande responsável pela massiva divulgação feita e elemento-chave nos primeiros passos para o estrelato, escreveu como sleeve-note:
"Every so often, one special band emerges from the mass of untried and unknown hopefuls which fill the streets of the rock world. Iron Maiden is just one such band, bringing with their emergence, a style of rock music, so hard, gritty and honest in its delivery that only success can justify their hard toil!

The tracks on this E.P. were the first ever recorded by the band and are the authentic unremixed cuts taken from the demo tape recorded at Spaceward Studios in Cambridge on December 30th 1978, and, subsequently presented to me in the Soundhouse a week later.

After one hearing it was obvious that Iron Maiden would become one of the leaders of present-day heavy metal, combining the sort of talent and hard drive that the music world must not ever ignore."
Formação:
Paul Di'Anno - Vocal
Dave Murray - guitarra
Steve Harris - baixo
Doug Sampson - bateria

Informações adicionais:
Ilustração da capa: Foto de Paul DiAnno e logotipo feito por Steve Harris
Gravado no Spaceward Studios, Cambridge, Inglaterra dia 31 de dezembro de 1978.

Próxima
« Anterior
Anterior
Próxima »